sexta-feira, 19 de maio de 2017

NO RIO DE JANEIRO Suspeito de queimar corpo de policial em ´microondas´ é preso. Agentes da Delegacia de Homicídios prenderam nesta sexta-feira (19) o traficante Edvan do Nascimento Martins, o Cocão da 70, suspeito de matar o inspetor da da Polícia Civil Sérgio Lopes de Souza Júnior, desaparecido em janeiro de 2013.

Agentes da Delegacia de Homicídios prenderam nesta sexta-feira (19) o traficante Edvan do Nascimento Martins, o Cocão da 70, suspeito de matar o inspetor da da Polícia Civil Sérgio Lopes de Souza Júnior, desaparecido em janeiro de 2013.

De acordo com o delegado Fábio Salvadorreti, os agentes chegaram até o suspeito com a ajuda de uma denúncia repassada no WhatsApp do Portal dos Procurados, que oferecia uma recompensa de R$ 1 mil por informações que levassem ao seu paradeiro.

Segundo informações do Extra, o traficante foi localizado na Avenida Dom Helder Camará, em Manguinhos, na Zona Norte do Rio.

Caso

Em 26 de janeiro de 2013, Sérgio Lopes de Souza Júnior pilotava uma motocicleta e havia acabado de deixar uma amiga nas proximidades da favela de Antares, em Santa Cruz, na Zona Oeste, quando foi abordado por homens armados. Depois de trocar tiros com os bandidos, o policial foi ferido e levado pelos traficantes para a Favela do Rola.

Na comunidade, o inspetor de polícia foi imobilizado e teve seu corpo colocado dentro de uma pilha de pneus, o que chamam de microondas, e, em seguida, incinerado.

NoticiasaoMinuto

UMA VÍTIMA BALEADA Ex-coordenadora do Sistema Penitenciário do Ceará têm residência metralhada. A quadrilha utilizou armamento de grosso calibre, como fuzil e submetralhadora. Nenhum suspeito foi localizado.

A residência de uma  agente penitenciária , ex-coordenadora do Sistema Penitenciário do Ceará , foi alvo de um ataque criminoso na tarde de...