domingo, 28 de maio de 2017

SECA Chuvas no mês de maio no Ceará estão 34% abaixo da média histórica, segundo Funceme. Em dois dos quatro meses de ocorrência de chuvas no estado, o volume de precipitações ficou abaixo da média.


CEARÁ

Por G1 CE

Açude Castanhão está com menor nível desde que foi inaugurado (Foto: DNOCS/Divulgação)

A três dias do fim da quadra chuvosa no Ceará - fevereiro, março, abril e maio - , o volume de chuvas registradas no período deve ficar abaixo da média histórica. Neste domingo (28), a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), registrou chuvas em 33 dos 184 municípios do Ceará. As maiores precipitações ocorreram em Pindoretama (68.0mm), Acaraú (63.1mm), Granja (50.0mm), Itaitinga (47.0mm), Aquiraz (43.0mm), Amontada (42.0mm), Caucaia (35.0mm), Eusébio (32.0mm), Itaitinga (30.1mm) e Acaraú (30.0mm).

As chuvas registradas no estado mês de maio – 59.8mm – ficaram 34% abaixo da média histórica para o período, de 90,6mm. Em abril, o volume de chuvas também ficou abaixo da média histórica em 39%, quando choveu 114.0mm de uma média de 188.0mm. Já no mês de março, houve um pequeno desvio positivo de 0,7%, quando choveu 204.9mm para média histórica de 203.4mm. De acordo com a Funceme, fevereiro foi o mês em ocorreu o maior volume de chuvas no estado: 157.1mm, o que representa um desvio positivo de 32,4% na média histórica.

Em maio, as maiores chuvas ocorreram nos municípios de Paracuru (176.8mm), Gonçalo do Amarante (176.6mm), Mombaça (167.0mm), Trairi (163.0mm), Paracuru (155.4mm), Aratuba (154.5mm), Aratuba (154.5mm), Itarema (154.0mm), Camocim (147.0mm), Maracanaú (141.8mm) e Guaramiranga (132.6mm).

Reservatórios

A distribuição espacial irregular das chuvas ocorridas nos últimos meses no Ceará, se reflete na situação crítica de armazenamento de água nos açudes. De acordo com a Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh), os 153 açudes do Ceará estão com apenas 12,5% da capacidade total de armazenamento. os 153 reservatórios do estado encontram-se, em média, com apenas 12,6% de sua capacidade de armazenamento.

Do total de açudes, apenas cinco estão com a capacidade máxima de armazenamento; 105 estão com volume abaixo de 30%; 38 estão operando em volume morto e 17 estão completamente secos. Atualmente, 94 das 184 cidades do Ceará estão em situação de emergência por causa da falta de água. O principal açude que abastece Fortaleza, o Castanhão, com apenas 5,7% de sua capacidade de armazenamento.

globo.com
© Copyright 2000-2017 Globo Comunicação e Participações S.A.

RUSSAS-CE​: ​Acidente de trânsito com vítimas fatais, deixa médico conhecido na cidade de Limoeiro do Norte-Ce, e motorista de topique mortos.​

Ontem dia 10/12/17, por volta das 20:30hrs, na BR 116 na altura do KM 157, zona rural de Russas-CE, houve uma colisão frontal envolvendo o ...