terça-feira, 23 de maio de 2017

VIOLÊNCIA ARMADA Traficantes invadem residência e fuzilam casal na Barra do Ceará. Um casal foi assassinado na noite desta segunda-feira (22), na Barra do Ceará, zona Oeste de Fortaleza. Segundo informações da Polícia Militar, o duplo homicídio pode estar ligado à ação de traficantes de drogas da região. As vítimas foram baleadas dentro de casa, depois que o imóvel foi invadido, por volta de 22 horas.

Jocélia e Edson foram surpreendidos dentro de casa e atingidos com vários tiros de pistola

Um casal foi assassinado na noite desta segunda-feira (22), na Barra do Ceará, zona Oeste de Fortaleza. Segundo informações da Polícia Militar, o duplo homicídio pode estar ligado à ação de traficantes de drogas da região. As vítimas foram baleadas dentro de casa, depois que o imóvel foi invadido, por volta de 22 horas.

No local do crime, no cruzamento das ruas Omar Cardoso e Padre Guilhermino, foi  morta, a tiros, a dona da casa identificada como Jocélia Ferreira da Silva, 31 anos. Já o esposo dela, José Edson Alves do Nascimento, 28, ainda chegou a ser socorrido pelos vizinhos e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Pirambu (Avenida Leste-Oeste), onde não resistiu aos graves ferimentos e morreu na Emergência.

Os criminosos teriam fugido do local em várias motocicletas, cruzando a ponte sobre o Rio Ceará e teriam ido se esconder na comunidade Parque Leblon, já no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), e até o começo da madrugada desta terça-feira (23) não haviam sido localizados.

Segundo a Polícia, supostamente o casal teria sido vítima de uma retaliação dos traficantes, já que tinha amizade com policiais militares que trabalham naquele bairro pertencente à Área Integrada de Segurança 8 (AIS-8).

Matança

Com o duplo homicídio registrado nesta segunda-feira subiu para 31 o número de assassinatos na Barra do Ceará neste ano, e d10 casos somente no mês de maio. No último sábado (20), um jovem identificado por Tiago Laurentino Costa, 24 anos, foi executado, a tiros, na Rua Barra Vento.

Já no último dia 15, dois corpos foram encontrados dentro de um carrinho de reciclagem deixado por bandidos no cruzamento das avenidas Senador Robert Kennedy e 20 de Janeiro, próximo à comunidade do Gueto. Um dos mortos foi decapitado e o outro esquartejado.  No dia anterior (14), outro corpo sem cabeça foi deixado pelos traficantes na Rua Moacir, no mesmo bairro. 

Jornalista Fernando Ribeiro Copyright 2016

Brasil registra 28 mil homicídios no 1º semestre

Marco Antônio Carvalho No Recife    Leo Martins/Agência O Globo Homem morre após tiroteio no Rio; número de homicídios no país cresce ...