sábado, 6 de maio de 2017

VIOLÊNCIA Fortaleza e RMF registram 12 homicídios em menos de 12 horas. Os casos foram registrados em diferentes bairros da cidade e todos envolveram uso de arma de fogo.


O primeiro registro foi no bairro Mondubim, três pessoas, supostamente envolvidas com tráfico de drogas, foram assassinadas na Travessa Waldir Diogo - Foto: Naval Sarmento

Das 19h31 de sexta-feira (5) até 07h20 deste sábado (6), foram registrados 12 homicídios em Fortaleza e Região Metropolitana. Os casos ocorreram em diferentes bairros da cidade e todos envolveram uso de arma de fogo.

 

O primeiro registro foi no bairro Mondubim, três pessoas, supostamente envolvidas com tráfico de drogas, foram assassinadas na Travessa Waldir Diogo. De acordo com informações da Polícia Militar, os suspeitos arrombaram o portão da casa dizendo que eram policiais e executaram as vítimas. Depois do crime, fugiram em um Volkswagen, modelo Fox, de cor bege.

 

De acordo com informações da Polícia, durante a noite de sexta (5) e a madrugada de sábado (6), outros 6 homicídios foram nos bairros Antônio Bezerra, Conjunto Ceará, Guararapes, Granja Portugal e Presidente Kennedy.

 

Em São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana de Fortaleza, ocorreram outras 3 mortes. Um duplo homicídio, na localidade de Saquinho, teria sido registrado às 06h43 da manhã.

 

A terceira vítima, identificada apenas como Leandro Ribeiro, de idade não divulgada, supostamente foi abordada por dois suspeitos que estavam em uma moto, por volta das 07h20, próximo ao Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

 

Segundo informações concedidas pela 4ª Companhia do 12º Batalhão da Polícia Militar (BPM), os suspeitos teriam efetuado disparos contra Leandro e tomado rumo ainda desconhecido pelas autoridades. A vítima veio a óbito no próprio local do crime.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

EXCLUSIVO: Preso em Fortaleza traficante chefe do Comando Vermelho em Santa Catarina

Leandro Madalena Schlosser, 27 ano, foi capturado ao chegar em seu apartamento, no Cambeba   Uma operação conjunta do Batalhão de P...