sexta-feira, 2 de junho de 2017

CENTRO SUL Divisão de Homicídios investiga 6 execuções de políticos e parentes de Aiuaba. Uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Fortaleza está em Tauá com o objetivo de apurar os seis homicídios com características de execução ocorridos nos últimos nove meses no Ceará e Piauí. As vítimas são políticos e parentes ligados ao município de Aiuaba, na região de Inhamuns, a 436 km

 por Honório Barbosa



A equipe é constituída pelos delegados George Monteiro e Edmo Leite, quatro inspetores da unidade especializada, e tem o apoio do delegado regional de Tauá, Gisleian Lima e de inspetores da 14ª Delegacia.


Vereadora tem casa invadida e é executada a tiros em Aiuaba. Crédito: Arquivo Pessoal

1ª MORTE (24/09/16)
Vítima: vereador José Valmir

Entre os crimes que estão sendo investigados está o do vereador José Valmir de Souza, assassinado a tiros depois de participar de uma concentração política na noite de 24 de setembro último, na localidade de São Nicolau, na zona rural do município.

2ª MORTE (24/09/16)
Vítima: agricultor, morto por filho de vereador

Minutos depois da morte do vereador, o filho dele Alan Franklin de Sousa praticou um assassinato na localidade de Bom Nome, contra o agricultor Pedro Lopes, morto a tiros na própria residência.

A Polícia Militar descartou a possibilidade de vingança por não haver ligação entre o caso. Entretanto, segundo populares, Pedro Lopes comemorava a morte do vereador quando foi surpreendido pelo filho do parlamentar.

3ª MORTE (Jan/17)
Vítima: irmão de vereadora Cely Arraes

Outro crime que também está sendo investigado aconteceu no Estado do Piauí, tendo como vítima um irmão da vereadora de Aiuaba, Cely Arraes. A vítima foi ocomerciante Juleudy Arraes, assassinado no município piauiense de Pio IX, fato acontecido em janeiro de 2017.

4ª MORTE (21/02/17)
Vítima: vereadora Cely Arraes

Um mês após a morte do irmão, a vítima foi a vereadora Cely Arraes, assassinada em 21 de fevereiro deste ano. O crime aconteceu na residência da vereadora na localidade de Bom Nome, na zona rural de Aiuaba, que teve a casa invadida por pistoleiros que a executaram com um tiro de escopeta. Cely ainda foi socorrida com vida para a cidade de Pio IX, mas morreu a caminho do hospital.

5ª MORTE (08/03/17)
Vítima: marido de vereadora Cely Arraes

A próxima vítima foi o viúvo da parlamentar, oagropecuarista Josa Arraes, assassinado em Fortaleza, fato ocorrido no dia 08 de março deste ano, ou seja, apenas 16 dias após a morte da esposa. O crime aconteceu no Bairro Bela Vista.


A vítima foi o empresário Graciliano Bezerra, que foi alvejado à bala. Crédito: Arquivo Pessoal

6ª MORTE (20/04/17)
Vítima: irmão do presidente da Câmara de Vereadores

Outro crime de pistolagem em Aiuaba aconteceu no dia 20 de abril passado, quando foi morto a tiros um irmão do presidente da Câmara de Vereadores daquele município, Narcélio Bezerra. A vítima foi o empresário Graciliano Bezerra, que foi alvejado à bala, em um lava-jato daquela cidade.

Graciliano ainda foi socorrido com vida para o Hospital Dr. Alberto Feitosa Lima na cidade de Tauá, mas morreu minutos depois de dar entrada no hospital.

Polícia divulga números para população auxiliar com investigação

Os delegados George Monteiro e Edmo Leite pedem a colaboração da população, que poderá ajudar a desvendar os casos repassando informações. Quem tiver algo que possa colaborar com o trabalho da Polícia tem a disposição os telefones: 85-3257-8807 ou 85-98773-0296 ou até através do WhatsApp 85-99111-7498.

(Com informações de Amaury Alencar)

© Diário do Nordeste

Vagas de emprego (Limoeiro, Aracati e Russas). Dia: 12 de dezembro de 2017. Para mais informações comparecer ao Sine da sua cidade.

Vagas de emprego (Limoeiro, Aracati e Russas). Dia: 12 de dezembro de 2017. Para mais informações comparecer ao Sine da sua cidade. ...