sexta-feira, 30 de junho de 2017

COTAR Viatura do Batalhão de Choque explode quando seguia para operação policial em Canindé. Uma viatura do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) explodiu e foi destruída por um incêndio na madrugada desta sexta-feira (30), por volta de 3h30, durante uma viagem de policiais militares do Comando Tático Rural (Cotar). A patrulha seguia de Fortaleza para a cidade de Canindé (a 97Km de Fortaleza), trafegando pela rodovia federal BR-020, para dar apoio a uma operação de combate ao crime naquela região.

Viatura pegou fogo rapidamente após a explosão dos artefatos transportados no compartimento-xadrez

Uma viatura do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) explodiu e foi destruída por um incêndio na madrugada desta sexta-feira (30), por volta de 3h30, durante uma viagem de policiais militares do Comando Tático Rural (Cotar). A patrulha seguia de Fortaleza para a cidade de Canindé (a 97Km de Fortaleza), trafegando pela rodovia federal BR-020, para dar apoio a uma operação de combate ao crime naquela região. O fato ocorreu próximo à entrada da cidade de Caridade.

Segundo o comandante do BPChoque, tenente-coronel PM Henrique Bezerra, no xadrez da viatura eram transportados artefatos, cerca de 60 granadas  de gás lacrimogêneo e espargidor de gás, além de duas pistolas. Por causas ainda ignoradas, o material entrou em combustão causando a explosão da parte traseira do veículo e, a seguir, o incêndio que rapidamente consumiu toda a caminhonete. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), do Quartel de Canindé, foi acionada e debelou as chamas. No entanto, a perda do veículo foi total.

Nenhum dos policiais que faziam parte da patrulha ficou ferido. A composição era formada pelo sargento Sandro, cabo Bruno e soldados Lauro e Pacheco. Segundo o coronel, uma perícia técnica  será  realizada para comprovar as causas do sinistro. Os policiais foram auxiliados por outras patrulhas e o que restou da caminhoneta será removido para análise da perícia forense.

Operação

Já em Canindé, a operação teve andamento, com o cumprimento de vários mandados de busca e apreensão. A Polícia deteve suspeitos de envolvimento na recente morte de um sargento da Reserva da PM e apreendeu drogas e armas.  A operação foi coordenada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e envolveu um grande aparato de policiais e viaturas, com o apoio de um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

A cidade amanheceu cercada pelas forças da Segurança Pública e as equipes da PM e da Polícia Civil realizaram buscas e prisões em endereços já previamente identificados nas investigações. A SSPDS deverá divulgar, nas próximas horas, o resultado final da ação policial.

PM assassinado

Na noite do último sábado (24), o sargento reformado da PM, Valdemiro Lopes da Silva, 63 anos, foi assassinato, a tiros, juntamente com um amigo, Raimundo Radimac de Lima, 33, no bairro Santa Luzia, na periferia da cidade de Canindé.  Desde então, a Polícia fazia buscas para prender os suspeitos do duplo homicídio.

Jornalista Fernando Ribeiro Copyright 2016

UMA VÍTIMA BALEADA Ex-coordenadora do Sistema Penitenciário do Ceará têm residência metralhada. A quadrilha utilizou armamento de grosso calibre, como fuzil e submetralhadora. Nenhum suspeito foi localizado.

A residência de uma  agente penitenciária , ex-coordenadora do Sistema Penitenciário do Ceará , foi alvo de um ataque criminoso na tarde de...