sexta-feira, 2 de junho de 2017

DURANTE ANIVERSÁRIO Duplo homicídio em estabelecimento comercial no Mondubim. A Polícia Militar afirma que um dos suspeitos era envolvido com o GDE, e foi morto por tentar se desvencilhar da facção.

Mais um duplo homicídio é registrado em Fortaleza. Na noite da quinta-feira (1º), morreram José de Amano Sousa, 26, e Daniel Paulino Azevedo, 33, num estabelecimento comercial, no bairro Mondubim. As vítimas estavam em um bar localizado na Travessa Valdir Diogo com Avenida Perimetral, comemorando o aniversário de um amigo, quando foram surpreendidas.

Por volta das 22h, dois suspeitos chegaram ao bar numa moto, desceram, e já dispararam contra Sousa e Azevedo. As vítimas chegaram a receber os primeiros atendimentos por uma equipe do Samu que foi até o local, mas não resistiram aos ferimentos, emorreram ainda na calçada do estabelecimento.

A Polícia Militar aponta José de Amano Sousa como o alvo dos criminosos. Ele teria envolvimento com os Guardiões do Estado (GDE), e estaria tentando se desvincular da facção. Sousa responde a pelo menos 11 procedimentos na Justiça, incluindo furtos, tráfico de drogas, assaltos e danos ao patrimônio público. Ele morava próximo ao local do crime.

"Dois chegaram nessa moto e atiraram nas cabeças. Encontramos cápsulas de pistola calibre Ponto 40 no local. O José de Amano era envolvido com gangue e tentava se sair. Mas não conseguiu. Até agora não sabemos de nenhum antecedente criminal do Daniel Paulino", afirmou o tenente De Assis ainda nos levantamentos iniciais. Os suspeitos pelo crime ainda não foram encontrados.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

Justiça nega liberdade para suspeitos de matar policiais militares em Quixadá

Homicidômetro Mortes no Ceará 2017 4.060 Atualizado em 23/10/2017 Policiais foram mortos numa troca de tiros com assaltantes no Distrito...