quinta-feira, 15 de junho de 2017

EM SÃO PAULO Homem que filmou jovem sendo tatuado na testa já foi preso por roubo. O homem suspeito de filmar o tatuador Maycon Reis, marcando a testa do adolescente de 17 anos com os dizeres “eu sou ladrão e vacilão”, já cumpriu pena de 5 anos e 4 meses por roubo.

    


Segundo informações, o pedreiro Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, teria cometido o crime no Butantã, na Zona Oeste de São Paulo e condenação promulgada em 22 de novembro de 2008. Ele e um comparsa roubaram a bolsa de uma mulher, levando os cartões bancários, o telefone celular e objetos pessoas da vítima.

De acordo com a Polícia Civil, Maycon e Ronildo teriam tatuado a testa do jovem por se indignar com uma suposta tentativa de furto de bicicleta.

“Eu estava bêbado, esbarrei na bicicleta e ela caiu”, afirmou o menor ao negar o furto.

Na tarde de sábado (10), a juíza Inês Del Cid, da Vara Criminal de São Bernardo do Campo, decretou a prisão preventiva dos dois suspeitos, acusados de cometer o crime de tortura.

À polícia, os dois alegaram que queriam dar uma “punição” ao rapaz.

FONTEG1

    

Canal R1



Jovem morre vítima de acidente em Ibicuitinga

     Jovem morre vítima de acidente em Ibicuitinga Segundo informações da Polícia Militar, por volta de 5h da manhã deste domingo (10...