quinta-feira, 15 de junho de 2017

FALE COM O SECRETÁRIO Testamos o “WhatsApp do Secretário”; e até hoje nunca recebemos resposta. Um motorista da Uber que teve o carro roubado também enviou mensagem solicitando ajuda na busca pelo veículo, mas aguarda que a demanda seja visualizada e respondida há mais de 20 dias.

Por Tribuna do CearáCategories:em Segurança Pública

WhatsApp foi disponibilizado por André Costa (FOTO: Reprodução/Facebook)

Após a divulgação da nova ferramenta de contato direto entre o secretário de Segurança do Ceará, André Costa, e a populaçãoo Tribuna do Ceará testou o WhatsApp “Fale com o Secretário”. Há uma semana do envio da última mensagem, ainda não obtivemos resposta.

A primeira mensagem foi enviada no dia 25 de maio, um dia após a disponibilização do serviço, solicitando maior monitoramento policial em uma região conhecida pela constante abordagem de assaltantes. No dia 7 de junho, tentamos novamente um contato. Sem sucesso.

Uma fonte do Tribuna do Ceará que não quis se identificar, motorista da Uber, também tentou contato com o secretário, após ter o carro roubado. “A minha mensagem não foi respondida, nem visualizada”, afirma. Ele relata na mensagem enviada no dia 26 de maio que alugou o veículo para trabalhar e o seu desespero maior foi com o valor da indenização cobrado pela locadora, de R$ 4.000,00.

O motorista chegou a enviar os dados do Boletim de Ocorrência, para respaldar o registro do crime. “O trabalho que o secretário faz vem se destacando muito. Então, eu esperava ser respondido, tinha esperança”, revela.

O Tribuna do Ceará testou o “Fale com o secretário”. (FOTO: Reprodução)

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou ao Tribuna do Ceará que o canal de atendimento à população “Fale com o secretário”, mesmo sendo uma ferramenta nova, está sendo testada para corresponder às demandas da população.

Ainda segundo a assessoria, a ferramenta funciona. “Todas as mensagens são lidas e respondidas, de acordo com a necessidade, pelo próprio secretário André Costa e mais duas pessoas que o auxiliam”.

A Secretaria afirmou também que a demanda tem sido grande e, no início, chegou a terminar o dia com mais de cinco mil mensagens pendentes. Hoje, há pouco mais de 1.700 a serem respondidas.

“Diversas informações relevantes já foram enviadas para a Polícia Civil e para a Coordenadoria de Inteligência da SSPDS, acerca de investigações em andamento, e para Polícia Militar, ajudando a apontar locais onde há necessidade de reforço no policiamento ostensivo”, completou.

A SSPDS ressalta que o “Fale com o secretário” tem sido mais uma ferramenta para ajudar, não substituindo o Disque Denúncia 181, nem o 190, que deve ser usado para ocorrências em andamento.

A ferramenta foi disponibilizada à população no dia 24 de maio. Na época, o secretário André Costa havia informado que o WhatsApp seria um meio importante para auxiliar o trabalho da polícia. “Segurança Pública não se faz só com polícia, mas com o envolvimento das pessoas que querem viver em um estado mais pacífico”.

O Tribuna do Ceará procurou novamente a SSPDS para saber se a opção de visualização de mensagem está desabilitada no aplicativo; mas, até a publicação da matéria, não obteve resposta.

Confira trecho da mensagem enviada por leitor ao “Fale com o secretário”:

Usuário enviou mensagem, mas aguarda resposta há mais de 20 dias

andré costaFale com o secretárioSSPDSWhatsApp

Fonte Tribuna do Ceará

Vagas de emprego (Limoeiro, Aracati e Russas). Dia: 12 de dezembro de 2017. Para mais informações comparecer ao Sine da sua cidade.

Vagas de emprego (Limoeiro, Aracati e Russas). Dia: 12 de dezembro de 2017. Para mais informações comparecer ao Sine da sua cidade. ...