segunda-feira, 19 de junho de 2017

LATROCÍNIO Suspeito de matar PM em assalto a empresa de ônibus é preso. Quatro suspeitos de integrarem a quadrilha continuam foragidos.


DHPP divulga identidade do suspeito de matar PM Isidoro Alves
( Foto: Reprodução )

O suspeito de desferir o tiro que matou o sargento da Reserva Remunerada da Polícia Militar do Ceará, Isidoro de Paiva Alves, 57, foi preso pela Polícia, na última sexta-feira (16), no bairro Pirambu, em Fortaleza, ao ser reconhecido por uma composição policial. A prisão foi divulgada em coletiva de imprensa na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), daPolícia Civil, nesta segunda (19).

latrocínio aconteceu no dia 28 de maio, quando um bando tentou assaltar uma empresa de ônibus, localizada no bairro Cidade Nova, em Maracanaú. O sargento da PM reagiu à ação e foi baleado por Rafael dos Santos Monteiro, 31.

Um comparsa de Rafael, Narciso Silveira Rodrigues, 29, já havia sido preso pela Polícia. Continuam foragidos Roniele Avelino Carvalho, o 'Cara de Porco', 25; um homem conhecido apenas como 'Primo'; outro identificado por 'Neguinho do Recife'; e um adolescente.

Rafael Monteiro irá responder pelos crimes de latrocínio majorado, associação criminosa e corrupção de menores. Como apresentou identidade falsificada ao ser abordado pela Polícia, ele também foi detido por uso de documento falso. Rafael tinha antecedente criminal de tráfico de drogas.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

Justiça nega liberdade para suspeitos de matar policiais militares em Quixadá

Homicidômetro Mortes no Ceará 2017 4.060 Atualizado em 23/10/2017 Policiais foram mortos numa troca de tiros com assaltantes no Distrito...