sexta-feira, 23 de junho de 2017

MANIFESTAÇÃO Ação polêmica da Guarda Municipal contra jovem em terminal instiga protesto em Fortaleza. Um vídeo mostra um jovem, que seria artista de rua, recebendo vários choques de teaser ao resistir a uma tentativa de imobilização.


Por Tribuna do Ceará

Publicação afirma que o jovem (FOTO: Reprodução/Facebook)

Ganharam a internet imagens que mostram guardas municipaistentando imobilizar um jovem e chegando a usar várias vezes o teaserde choque. O caso ocorreu por volta das 23h dessa quarta-feira (21), noTerminal do Siqueira, em Fortaleza.

Um sarau em protesto à ação da Guarda Municipal foi marcado para esse domingo (25), no próprio terminal. Segundo a postagem no Facebook de convocação para o evento, o jovem é conhecido por fazer “arte coletiva de busão” e recitar poesias e rap.

Na página, um internauta diz ter conversado com um colega do rapaz que aparece nas imagens, que contou que os guardas agrediam um homem, conhecido dele. Ao tentar intervir, o jovem foi alvo da ação dos guardas, junto a outro colega. O Escritório de Direitos Humanos Frei Tito, da Assembleia Legislativa do Estado, se pôs à disposição do jovem, que ainda não retornou, no entanto.

No vídeo, é possível ver um jovem sendo puxado por dois guardas para dentro de uma sala em que procedimentos da Guarda Municipal são feitos. Um terceiro agente, então, intervém e usa o teaser, assim como chega a dar um chute e alguns socos no braço do jovem. “Vocês estão vendo, eles vão quebrar a gente”, chega a dizer o rapaz, no que seria uma referência a agressões que sofria. Veja:

Outro lado

Também em vídeo, o diretor-adjunto da Guarda Municipal, inspetor Marcílio Távora, procurou esclarecer a situação. Segundo ele, o vídeo é apenas um recorte de uma ação preventiva que abordava jovens que faziam o chamado “rolezinho” no terminal, visando a coibir a prática de crimes. “Um deles acabou se exaltando, não aceitou a abordagem dos guardas, acabou, de certa forma, incorrendo na desobediência, então, os guardas tiveram que intervir”, afirma o inspetor.

“Inicialmente, se baseia na presença ostensiva da Guarda. Como não foi suficiente, os guardas verbalizaram, tentaram conter fisicamente, mas também não tiveram êxito e tiveram de usar a pistola de condutibilidade elétrica para fazer a imobilização do infrator”.

Ainda segundo ele, o jovem foi encaminhado ao 11º Distrito Policial, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), por desobediência, resistência e desacato. Conforme a Guarda, se a direção, após análise do relatório da ocorrência, vir a identificar excessos na abordagem, as devidas responsabilidades serão apuradas.

Assista ao pronunciamento do diretor na íntegra:

Tribuna do Ceará

PROVA OBJETIVA Resultado preliminar de concurso para agente penitenciário é divulgado. De acordo com a Sejus, dos 61,6 mil que participaram da primeira etapa do certame, 6.977 estão na lista divulgada nesta quarta (18).

A primeira fase do concurso foi realizada no último dia 1º de outubro ( Foto: arquivo ) A  Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Se...