quarta-feira, 14 de junho de 2017

PRISÃO Dupla envolvida em ataque a banco é presa em ação conjunta das policias Civil e Militar. Um trabalho desenvolvido pelas Polícias Civil e Militar do Ceará resultou na prisão de um casal suspeito de participar do ataque ocorrido contra uma agência bancária, na cidade de Assaré, no último domingo (11). As capturas foram realizadas por equipes de policiais civis e militares, da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e do Comando Tático Rural (Cotar) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), respectivamente.

Após informações do crime cometido contra um banco, situado no Centro do município, a Polícia iniciou as buscas na região, no intuito de prender os envolvidos. Ainda no domingo, os profissionais de segurança tomaram conhecimento de um casal, que estava aparentemente perdido, e trafegando pela região em busca de uma localidade conhecida por Altaneira. De posse destes dados, os policiais mantiveram as buscas e abordaram o carro ainda pela cidade.

Ao serem indagados, Carlos Alberto Soares da Cunha (40) e Maria Wilma Sousa da Costa (28) foram contraditórios em suas respostas e não souberam explicar o porquê de estarem ali na região. Os dois são moradores de Fortaleza. Ao ser verificada a qualificação do casal, foi constatado um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas contra Maria Wilma. Já Carlos Alberto possui passagem pela Polícia por homicídio e posse ilegal de arma de fogo. Ainda durante a abordagem, o casal confessou que havia dado apoio aos demais envolvidos no crime. Com eles, foram apreendidos documentos pertencentes a estes suspeitos, que se encontram foragidos.

Ao serem indagados, Carlos Alberto Soares da Cunha (40) e Maria Wilma Sousa da Costa (28) foram contraditórios em suas respostas e não souberam explicar o porquê de estarem ali na região. Os dois são moradores de Fortaleza. Ao ser verificada a qualificação do casal, foi constatado um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas contra Maria Wilma. Já Carlos Alberto possui passagem pela Polícia por homicídio e posse ilegal de arma de fogo. Ainda durante a abordagem, o casal confessou que havia dado apoio aos demais envolvidos no crime. Com eles, foram apreendidos documentos pertencentes a estes suspeitos, que se encontram foragidos.

Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: SSPDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RIO DE JANEIRO Ator Dado Dolabella é preso por não pagar pensão alimentícia. Artista deve R$ 196 mil de pensão alimentícia a filho, segundo a polícia. Ao G1, Dado disse que valor pedido é de acordo com um contrato trabalho que não existe mais.

Por Patricia Teixeira, G1 Rio Dado Dolabella é preso por não pagar pensão alimentícia O ator Dado Dolabella foi preso no início da tarde...