quarta-feira, 19 de julho de 2017

BOA NOTÍCIA Comando da PM em Crato comemora marca recorde: um mês sem o registro de homicídios. Há exatamente um mês não acontecem homicídios no município de Crato se constituindo numa marca recorde e motivo de comemoração pelo Major L. Rodrigues, Comandante da Companhia Militar.


Boa notícia
Demontier Tenório

 

Há exatamente um mês não acontecem homicídios no município de Crato se constituindo numa marca recorde e motivo de comemoração pelo Major L. Rodrigues, Comandante da Companhia Militar. O último ocorreu no dia 19 de junho com o achado do cadáver de Maria Belarmino da Cruz Silva, de 40 anos, que residia na Rua Jaime Dorcy (João Cabral) em Juazeiro. Além disso, supostamente, teria sido uma “desova” porquanto a vítima era acusada do tráfico de drogas em Juazeiro.

O cadáver foi encontrado por populares em meio à estrada vicinal de acesso ao Sítio Santa Rosa nas imediações do Distrito Industrial do Cariri em Crato. De lá para cá, foram registrados alguns casos de lesões corporais e a polícia aproveitando para promover ações diversas no combate ao tráfico de drogas e operações de desarmamento o que, na opinião do jovem comandante, contribuíram para esse tempo recorde sem assassinatos.

Inclusive, um dos grandes desafios era a ExpoCrato a qual chegou a registrar públicos recordes na área de shows. Entretanto, segundo o Major L. Rodrigues, foi uma das mais tranquilas na história de Crato sem nenhuma morte violenta. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, este ano foram quatro homicídios no mês de janeiro, subindo para sete em fevereiro, caindo para seis no mês seguinte, uma nova queda para três em abril, registrando um crescimento para sete em maio e caindo para seis no mês passado totalizando 33 homicídios.

AGRESSÃO EM ESCOLA Promotora pedirá internação de estudante que agrediu professora em Santa Catarina. Como o aluno é reincidente, ela planeja "uma medida mais dura". O caso ocorreu nesta segunda-feira (21)

por Folhapress Marcia Friggi dá aulas de português em mais de uma escola de Indaial, há 12 anos. Ela ficará sete dias em casa, de atestado...