quarta-feira, 19 de julho de 2017

EM FORTALEZA Denúncia para o "Fale com o secretário" resulta nas prisões de três pessoas e apreensão de 11 quilos de crack. Uma denúncia enviada para o número de WhatsApp "Fale com o Secretário" resultou na desarticulação de um esquema criminoso que funcionava em um ponto de venda de açaí, na rua Professora Heloísa Ferreira Lima, no bairro Serrinha, em Fortaleza.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a informação foi repassada para a Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) pelo secretário André Costa. A investigação resultou na prisão de Cícero Gomes da Silva (35), conhecido como Bruno, que já reponde por crimes de tráfico de drogas e homicídio. Anteriormente, o suspeito foi preso em Goiás por um assassinato cometido no município de Canindé, no Sertão Central. Cícero foi encontrado no comércio com 11 quilogramas de crack que estavam escondidos em uma mochila.

Em meio às investigações, a Polícia Civil ainda descobriu outros dois suspeitos que seriam parceiros na comercialização de subsídios para a fabricação de crack. São eles: Francisca Márcia de Oliveira Sabino (22), sem antecedentes criminais e Willamy Teixeira Lima (21), que responde por crime ambiental.

Com a dupla foram encontrados seis quilos de uma substância chamada mineíta, utilizada para fabricação do crack, que seria comercializado por Cícero. No momento da abordagem, Willamy tentou agredir os policiais, mas foi contido. A prisão do casal aconteceu no bairro Henrique Jorge, em Fortaleza.

Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: Portal Cnews

Pedófilo é preso pela Polícia Civil com 500 imagens ilícitas envolvendo meninas de 11 a 14 anos.

Investigações realizadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Icó – Área Integr...