quinta-feira, 6 de julho de 2017

FORAGIDO EM CRATO Lutador de MMA acusado de espancar menor com outros colegas em Crato está foragido. Policiais da 19ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Crato saíram para cumprir mandados de prisões na manhã desta quinta-feira, mas não obtiveram êxito. Acusado de torturar um adolescente, o lutador de MMA, Otílio Rodrigues da Silva Neto, é um dos procurados juntamente com outros três amigos. O juiz titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Crato expediu os mandados em atendimento ao que solicitou o Ministério Publico decretando as prisões.


Demontier Tenór


Segundo as investigações feitas pela polícia por meio do inquérito presidido pelo Delegado Tenório de Brito, o quarteto espancou o adolescente “Felipe” na noite do último dia 22 de abril. Conforme o depoimento prestado pela vítima, voltava de uma festa de aniversário no bairro Parque Granjeiro juntamente com outros três colegas e a travessura de um deles quase lhe custou a vida.

De acordo com o que disse na Delegacia Regional de Polícia Civil de Crato, um dos rapazes bateu na porta de uma residência da qual quatro homens saíram e passaram a perseguir os quatro garotos. Três conseguiram escapar quando o lutador de artes marciais e mais três amigos alcançaram Felipe que nada tinha a ver com o caso. O adolescente foi levado até o cruzamento das ruas Pedro Bantim e Colombo de Sousa no Parque Grangeiro onde ocorreu a sessão de espancamentos.

Após as agressões, eles fugiram e a vítima terminou socorrida por populares ao Hospital São Camilo apresentando vários hematomas e lesões pelo corpo. Hoje cedo inspetores da Polícia Civil sob a coordenação do Delegado Luiz Eduardo saíram para cumprir os mandados, mas não localizaram os acusados. Desta forma, passam a ser considerados foragidos da justiça que mandou prendê-los.

AGRESSÃO EM ESCOLA Promotora pedirá internação de estudante que agrediu professora em Santa Catarina. Como o aluno é reincidente, ela planeja "uma medida mais dura". O caso ocorreu nesta segunda-feira (21)

por Folhapress Marcia Friggi dá aulas de português em mais de uma escola de Indaial, há 12 anos. Ela ficará sete dias em casa, de atestado...