sábado, 29 de julho de 2017

HOMICÍDIO NO CARIRI Comerciante foi assassinado em seu bar no fim da manhã deste sábado em Campos Sales. O comerciante Antonio Rivaldo de Sousa, de 47 anos, que era apelidado por “Passarinho”, foi executado a tiros às 10h30min deste sábado feriado em Campos Sales por conta dos 118 anos de emancipação política.


Homicídio no Cariri
Demontier Tenório

 

O comerciante Antonio Rivaldo de Sousa, de 47 anos, que era apelidado por “Passarinho”, foi executado a tiros às 10h30min deste sábado feriado em Campos Sales por conta dos 118 anos de emancipação política. Ele morava na Rua Genezaré (Bairro Poço), onde funcionava ainda um bar de sua propriedade. No momento em que viu dois homens chegando em um carro de cor preta e um deles sacando uma arma de fogo, “Passarinho” correu para o quintal e não conseguiu escalar o muro.

O acusado já tinha efetuado disparos durante a perseguição no interior do estabelecimento e concluiu a execução após a vítima cair perto de uma lavanderia. O comerciante não tinha passagens pela polícia, mas era tido como um homem namorador e sempre rodeado de mulheres até já tendo entrado em alguns conflitos por conta da bigamia. Existem informações não confirmadas pela polícia de que “Passarinho” já tinha sido vítima de um atentado à bala.

Este foi o primeiro homicídio do mês de julho em Campos Sales e o nono de 2017 no município, onde 16 pessoas foram assassinadas no decorrer do ano passado. O último deste ano tinha sido na madrugada do dia 10 de junho em um forró perto do Bar do Simião na Rua Coronel Baleco no Centro quando Cosmo da Silva Joventino, de 27 anos, foi morto a facadas. Ele morava no Conjunto Lindalva (Bairro Poço) daquele município.

BOLETIM POLICIAL VALE DO JAGUARIBE- 23/10/2017 OCORRÊNCIAS DE DOMINGO 22/10. PARA SEGUNDA-FEIRA 23/10: Homicídio a bala, agressão a pedrada, violência domestica e prisão de fugitivo.

Conforme informações da Policia Militar, neste domingo, dia 22 de outubro, por volta das 06h, numa estrada que liga Itaiçaba a localidade d...