sexta-feira, 21 de julho de 2017

RIO DE JANEIRO Menina de 13 anos é estuprada durante dois meses por grupo de adolescentes. A menina era ameaça e foi estuprada nas dependências da escola em que estudava.

    

A Polícia Civil investiga um caso de estupro e abuso sexual sofrido por uma adolescente de 13 anos. A menina era abusada por jovens que estudavam em seu colégio, que fica na cidade de Bom Jesus do Itabapoana, noroeste fluminense. Segundo as investigações a menina teve seu corpo violado durante dois meses por um grupo de cerca de 15 rapazes com idade entre 14 e 16 anos.

Os crimes teriam começado quando um dos adolescentes teria flagrada a menina se relacionando com o seu namorado na quadra da escola. Desde então, ele passou a ameaçar de contar o ocorrido para os pais da jovem, caso ela não se submetesse a fazer sexo com ele e o seu grupo de amigos.

A Polícia Civil informou que os estupros aconteceram em quatro ocasiões, em que a menina foi violada na quadra da escola e em uma sala de aula. Os autores do crime já foram ouvidos pelos investigadores e responderão por estupro de vulnerável. A vítima está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar e foi encaminhada para fazer exames médicos para identificar se os abusos resultaram em alguma doença sexualmente transmissível, além de gravidez. O conselho afirmou ainda que ela também está recebendo atendimento psicológico.

Procurada pela equipe da Record TV Rio, a Secretaria de Estado de Educação não se posicionou sobre o caso. A direção da escola também está sendo ouvida pela Polícia Civil.

FONTER7

    

4º MÊS DE SALDO POSITIVO Ceará cria 2,1 mil empregos; melhor setembro em 3 anos. Resultado decorre de 30,7 mil admissões contra 28,6 mil desligamentos no nono mês deste ano.

A agropecuária foi o setor da economia cearense que teve o melhor resultado na geração de empregos, com saldo positivo de 767 postos, segu...