terça-feira, 4 de julho de 2017

TÊNIS Tenista cearense Thiago Monteiro estreia em Wimbledon com vitória. O tenista cearense Thiago Monteiro, 23, já pode incluir mais um feito no currículo: uma vitória na “grama sagrada” de Wimbledon.


O tenista cearense Thiago Monteiro, 23, já pode incluir mais um feito no currículo: uma vitória na “grama sagrada” de Wimbledon. Na carreira, é a primeira nesse tipo de piso e a segunda num Grand Slam — série dos quatro maiores torneios de tênis, que inclui ainda Australian Open, Roland Garros e Miami Open —, pois venceu também a 1ª rodada no saibro parisiense este ano.

Na 100ª posição do ranking mundial, Thiago abriu campanha no torneio masculino do Grand Slam inglês derrotando o australiano Andrew Whittington por 3 sets a 1, de virada — com parciais de 4/6, 6/3, 7/6 (7/4) e 7/6 (7/5). O jogo contra o 210º da ATP, vindo do qualifying, durou 3 horas e 6 minutos.

Pela primeira vez atuando na chave principal em Londres, o cearense assim se credenciou para encarar na 2ª rodada o russo Karen Khachanov, promessa de 21 anos e atual 34º colocado do ranking, que em outro duelo de ontem bateu o seu compatriota Andrey Kuznetsov por 3 sets a 2 — com 7/6 (7/4), 2/6, 6/3, 1/6 e 6/2. A partida deve ser realizada amanhã.

Thiago Monteiro nunca havia vencido um jogo na grama em qualquer competição que disputou em sua carreira no circuito profissional da ATP, sendo que se viu novamente em apuros neste tipo de quadra ao ser superado no 1º set, durante o qual chegou a pedir atendimento por causa de dores lombares.

Porém, o cearense soube reagir em uma partida em que aproveitou apenas duas de nove chances de quebrar o saque do australiano, que converteu dois de oito break points e acumulou 15 aces, contra oito de Thiago Monteiro.

Desta forma, acabou triunfando principalmente por causa do seu melhor desempenho em dois tie-breaks, sendo que o segundo deles chegou a ser interrompido pela chuva, que paralisou o confronto por 50 minutos.

FAVORITOS

No rol dos grandes favoritos ao título, dois atropelaram em suas estreias. O atual campeão Andy Murray, número 1 do mundo, superou em três sets (6-1, 6-4, 6-2) o cazaque Alexander Bublik. O espanhol Rafael Nadal, número 2 do mundo, também não tomou conhecimento do adversário, o australiano John Millman (137º), vencendo por 6-1, 6-3, 6-2.

A grande zebra foi a eliminação do suíço Stan Wawrinka, número 3 do mundo, que sofreu com lesão no joelho e não conseguiu competir com o russo Daniil Medvedev (49º), de 21 anos. Com dificuldades para se locomover em quadra, Wawrinka pediu diversos atendimentos médicos durante o jogo, mas caiu por 3 sets a 1 (6-4, 3-6, 6-4, 6-1). (das agências)

Grupo de Comunicação O POVO
Copyright © 2016,
Todos os direitos reservados

NA REDE Confira 10 principais previsões de fraudes eletrônicas para 2018

 por  Daniel Praciano A  Easy Solutions , empresa especializada na prevenção de fraudes eletrônicas em todos os dispositivos, canais e ser...