quarta-feira, 12 de julho de 2017

TENTATIVA DE ROUBO Quatro mortos e três feridos em um ataque a carro-forte. O delegado titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e dois vigilantes do carro-forte foram feridos.


O confronto se deu quando o carro-forte chegava para pegar os malotes de dinheiro de uma Casa Lotérica e os criminosos tentaram roubá-los
( Fotos: Helene santos )

 por Emanoela Campelo de Melo - Repórter

Quatro pessoas foram mortas, ontem, em uma tentativa de assalto a um carro-forte, no Parque São José. O ataque aconteceu por volta das 18h30, quando um grupo de aproximadamente 10 criminosos chegou ao local para roubar malotes de dinheiro em espécie, que seriam recolhidos de uma Casa Lotérica, localizada em um supermercado, na Rua Waldir Diogo. Dos mortos, três estavam envolvidos no assalto e um era cliente da lotérica.

Equipes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) já haviam chegado ao local, após terem recebido informações que o crime estava prestes a acontecer. O titular da DRF, Raphael Vilarinho, foi vítima da troca de tiros entre policiais e criminosos. O delegado foi atingido em uma das pernas e socorrido consciente e orientado, por uma ambulância do Samu. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ele não corre risco de morte.

A Polícia Militar afirma que outras pessoas também foram baleadas. Dentre elas, dois vigilantes da empresa Corpvs que estavam em serviço no carro-forte. Os seguranças foram atingidos nas pernas e nos pés. Ambos foram encaminhados para um hospital particular. Eles também não correm risco de morte.

Ação

De acordo com o tenente Mardônio, do 6º Batalhão da Polícia Militar (BPM), a quadrilha que tentou atacar o carro-forte estava fortemente armada. Vários projéteis de fuzis e pistolas foram encontrados na proximidade de onde o confronto foi travado. "A equipe da Delegacia de Roubos e Furtos já vinha investigando essa quadrilha. Quando eles agiram, os policiais intervieram. Nisso aconteceu o confronto", afirmou o oficial.

Conforme a Polícia, um assaltante foi morto no pátio do supermercado; um na rua defronte ao estabelecimento, quando tentava fugir; e o terceiro nas proximidades de uma lagoa também nas redondezas. Próximo a essa lagoa foi abandonado um veículo Corolla, de cor preta, usado pela quadrilha. O automóvel tinha dezenas de marcas de bala.

O suspeito morto na frente do empreendimento teria saído correndo com duas pistolas nas mãos, efetuando disparos contra os policiais. Ele estava usando fardamento da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e foi identificado por populares apenas como 'Samuel'.

"Eles chegaram em um Santana, de cor verde, e nesse Corolla. O cidadão foi morto dentro da Casa Lotérica, de onde o dinheiro ia ser recolhido. O carro blindado da Corpvs foi alvejado com vários tiros de fuzis. Na lotérica também há muitos rombos feitos por tiros de fuzil. Têm muitas cápsulas espalhadas no chão", contou o tenente Mardônio.

Pelo menos três carros de clientes do supermercado também foram atingidos. Os veículos estavam no estacionamento quando foram alvejados. Ainda conforme a Polícia, todos os carros passarão por perícia para mensurar o valor do prejuízo material. Até a noite de ontem, as autoridades desconheciam se algum valor do carro-forte ou da lotérica havia sido roubado.

Procura

Informações dadas por testemunhas, no local do confronto, dão conta que durante a ação dos criminosos alguns clientes foram feitos reféns. No local, foi visto um grupo de policiais da Divisão Antissequestro (DAS).

Até o fechamento desta edição, nenhum dos suspeitos que conseguiu fugir do local havia sido encontrado pela Polícia. As testemunhas do crime contam que parte deles fugiu em direção ao bairro Maraponga.

"Não sabemos ainda o que foi apreendido de arma. Tudo ainda está muito tumultuado. Temos equipes espalhadas em todos os locais tentando encontrar esses bandidos. Lamentamos pela morte do cidadão e pelos inocentes baleados", disse o tenente Mardônio. A aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) auxiliava nas buscas.

Raphael Vilarinho desarticulou diversas quadrilhas que atuam no Estado e prendeu criminosos perigosos. O delegado é conhecido pelo comprometimento com o trabalho desempenhado na Especializada.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

LIMOEIRO DO NORTE-CE​: Polícia Civil de LN faz grande apreensão de drogas.​

A Polícia Civil da Delegacia Municipal de Limoeiro do Norte, acaba de fazer uma das maiores apreensões de drogas da história de Limoeiro. I...