sábado, 22 de julho de 2017

VIOLÊNCIA Agricultor disse ter levado um murro no olho e matou a foiçadas seu colega de farra em Lavras.



Quase um mês depois novo homicídio foi registrado em Lavras da Mangabeira na região do Cariri. Por volta das 20h30min desta sexta-feira, no Sitio Catingueira a uma distância média de 20 Km para o centro, o agricultor Cícero José Vieira de Souza, o “Cícero Gato” que completaria 43 anos na próxima quarta-feira e residia na localidade, foi assassinado com vários golpes de foice. Segundo populares, ele estava bebendo com outras três pessoas quando houve um desentendimento, luta corporal e o homicídio.

A polícia foi lá quando o Sargento Edésio e os Soldados Alessandro e Gregório diligenciaram prendendo o também agricultor Manoel Iraildo Tomaz Pereira, de 33 anos. Ele estava em sua residência no mesmo sítio e confessou a autoria do crime alegando que a vitima o teria agredido com um soco no rosto causando um grande hematoma no olho direito. O acusado disse ainda aos PMs que, para se defender, matou o companheiro de farra.

Este foi o primeiro homicídio do mês de julho em Lavras da Mangabeira e o sétimo de 2017 ou quase o dobro dos quatro registrados no ano passado. O último deste ocorreu na noite do dia 23 de junho, na Rua Coronel Raimundo Augusto no centro da cidade, tendo como vítima Adriano Soares de Oliveira, de 24 anos. O mesmo foi executado com três tiros por dois homens e tinha várias passagens pela polícia por furtos e roubos em Várzea Alegre e Lavras da Mangabeira.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

 E-mail: contato@ipaumirim.com

VAGAS Oportunidade de Emprego (Aracati, Limoeiro e Russas) 18/10/2017 4ª Feira

VAGAS Oportunidade de Emprego (Aracati, Limoeiro e Russas) 18/10/2017   4ª Feira   📅