terça-feira, 1 de agosto de 2017

MUNDO Pai é preso por queimar e amarrar filho na janela por 3 dias como castigo. Conforme informações de uma matéria publicada nesta segunda-feira (31), pelo portal de notícia nigeriano ‘Vanguard’, um homem identificado como Austin Segun, que é pai de cinco filhos, recebeu um ultimato para deixar a comunidade Eruemukohwarien, do governo local de Ughelli Norte, área do estado de Delta, na Nigéria, acusado de violência doméstica.


Após ter torturado um de seus filhos um adolescente identificado como Tobi Segun, de 13 anos, o homem teria amarrado o filho, a mando de um líder religioso [VIDEO]da localidade, acusando a vítima de roubo, e de ser um mago.

Segundo o portal, o acusado foi preso e detido na delegacia de polícia da Divisão de Ughelli 'A', após denúncia do incidente, mas foi liberado após ter pago uma fiança.

Conforme informações, a vítima que é estudante da Escola Primária 6, foi resgatado por um grupo de vigilantes, que ouviram os gritos de socorro do adolescente por volta das 2 horas da madrugada, no dia do incidente. Um dos vigilantes que regatou a vítima, disse que durante o trabalho de patrulha pela localidade tinha ouvido o garoto dizer que ele queria morrer, pois não aguentava mais suportar a tortura. "Imediatamente, alertamos o responsável pela juventude da comunidade. Quando conseguimos acesso à casa, vimos o menino sozinho, amarrado ao protetor da janela enquanto suas mãos estavam amarradas atrás dele.

Embora os pais não estivessem em casa, o senhorio chamou o pai por telefone, enquanto o responsável pelos cuidados com a juventude da comunidade alertou o DPO da Divisão" A "de Ughelli.

De acordo com a madrasta da vítima, identificada como Sra. Edijala Favor Segun, o garoto era um mago e por isso ele estava amarrado enquanto eles tinham ido à igreja rezar. "Eles nos disseram que ele é um mago, na igreja que frequentamos para orações, e ele também admitiu que ele é um mago.

Ela ainda admitiu que o marido teve que usar um ferro quente para queimar a palma e os pés devido ao seu mal comportamento.

Além disto, ele abriu a geladeira na casa e comeu tudo. Por isso, levou meu marido a amarrar suas mãos e pernas ao protetor. Acabou ficando atado há três dias antes de sermos presos”, disse a madrasta da vítima.

A polícia foi acionada para comparecer ao local, o pai foi preso [VIDEO], em seguida, levado para a delegacia da cidade. A vítima foi encaminhada para o Hospital Central de Ughelli onde recebeu atendimento necessário."Meu marido conseguiu sair da cadeia, mas o IPO responsável pelo caso ordenou que devemos sair da comunidade. Isso foi documentado e todos nós concordamos" disse a madrasta do menino. A vítima disse que ele sempre fugia da casa, pois, ele não se sentia confortável com o pai.

Reproduzido por MassapeCeara.Com|Créditos: Francisco Chagas via Blasting News

VAGAS Oportunidade de Emprego (Aracati, Limoeiro e Russas) 18/10/2017 4ª Feira

VAGAS Oportunidade de Emprego (Aracati, Limoeiro e Russas) 18/10/2017   4ª Feira   📅