domingo, 27 de agosto de 2017

PITAGUARY Índio é incendiado em tribo no Maracanaú, diz Funai. Homem está internado no IJF. Motivação do crime ainda é desconhecida, segundo a Fundação.


Homem dormia em uma vacaria na comunidade Pitaguary na madrugada do ocorrido ( Foto: VC Repórter )

Um membro da comunidade indígena Pitaguary, localizada no município de Maracanaú, sofreutentativa de homicídio na madrugada deste domingo (27). De acordo com a pessoa que o socorreu, dois homens teriam ateado fogo no indígena, que dormia em uma vacaria na comunidade Pitaguary.

Ele disse que o indígena, Maurício Pitaguary, conhecido como "Mazin", estaria dormindo em uma vacaria, que é do pai da vítima, na comunidade Pitaguary. Por volta de 2h30, ele teria ouvido homens se aproximando e sentido o cheiro degasolina. Ao tentar ver do que se tratava, foi agredido com chutes na cabeça e, em seguida, incendiado. O indígena encontra-se no IJF. O estado da vítima ainda não foi confirmado.

Diante do ocorrido, a Fundação Nacional do Índio (Funai) no Ceará foi acionada e confirmou a ocorrência. Segundo Cícero Sousa, coordenador da Funai no Estado, a Polícia Federal já foi informada e, agora, a comunidade está no aguardo das providências.

Ainda segundo a pessoa que o socorreu, a vítima é uma homem "bastante pacato e querido e não acredita que o crime tenha sido motivado por alguma desavença dele ou da família com alguém", revela. 

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

HORÓSCOPO DO DIA 22 DE SETEMBRO DE 2017

Áries 21/03 a 20/04 regente: Marte Estar mais aberto para as demandas das pessoas mais próximas pode lhe proporcionar grandes descobertas...