sábado, 12 de agosto de 2017

TRÁFICO DE DROGAS Mais de 600 kg de drogas são apreendidas nesta sexta-feira em Fortaleza e Maranguape

Suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de munições de arma de fogo (Foto: SSPDS / Divulgação)



Duas ações realizadas pela Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), nesta sexta-feira, 11, resultaram na apreensão de pouco mais de 600 kg de drogas em Fortaleza e na Região Metropolitana (RMF). Três pessoas foram presas na ação ocorrida nessa quinta-feira, 10, no bairro Bom Jardim, na Área Integrada de Segurança 02 (AIS 2), e em Marangupe (AIS 12).  

 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), dois suspeitos localizados no bairro Bom Jardim portavam a maior parte das drogas. Os profissionais de segurança fizeram buscas na rua José Martins, após o trabalho de investigação. Na casa, estavam Francisco de Assis de Castro Braga, de 36 anos - com passagem por receptação, e Jeová da Silva, de 44 anos - sem antecedentes criminais. Tabletes de maconha, totalizando 256 kg, foram encontrados em um dos cômodos. Os suspeitos negaram ser responsáveis pelo recebimento e armazenamento dos entorpecentes e se recusaram a informar quem era o proprietário do material ilícito. 

Na ofensiva, a Polícia foi informada por um dos suspeitos que o restante dos entorpecentes estava em outro imóvel, na rua C, também no Bom Jardim. A equipe da delegacia especializada encontrou mais 237 kg de maconha, além de 350 gramas de cocaína, 280 gramas de crack, 15 munições calibre 12 e duas balanças de precisão. Os suspeitos foram conduzidos para a sede da Divisão e autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de munições de arma de fogo. As drogas foram encontradas no forro de ambas as residências. 

Em Maracanaú, no bairro Piratininga, policiais civis da DCTD receberam uma denúncia anônima sobre suspeito de tráfico de drogas na região. Francisco Danilo Rodrigues da Silva, de 18 anos, conhecido também como "Bidinho" e sem antecedentes criminais, foi encontrado pelos agentes de segurança. Ele confessou ter sido contratado para entregar os entorpecentes. Os policiais apreenderam, em caixas guardadas em uma oficina na rua Padre José Holanda do Vale, 85 kg de maconha, 920 gramas de cocaína e 120 gramas de crack. A titular da DCTD, delegada Patrícia Bezerra, que presidiu o inquérito policial, afirma que há indícios que o local servia de funcionamento de laboratório de drogas. 

A Polícia também encontrou uma balança de precisão e uma prensa hidráulica no local, além de ampolas com cloridrato de lidocaína, hypocaína e uma seringa de cutenox enoxaparina sódica, que seriam usadas para potencializar o efeito dos materiais ilícitos. Danilo Rodrigues da Silva foi conduzido para a sede da Divisão e autuado em flagrante por tráfico de drogas. As investigações continuam para prender outras pessoas envolvidas no esquema criminoso.

 

Redação O POVO Online

Brasil registra 28 mil homicídios no 1º semestre

Marco Antônio Carvalho No Recife    Leo Martins/Agência O Globo Homem morre após tiroteio no Rio; número de homicídios no país cresce ...