quarta-feira, 27 de setembro de 2017

BPRAIO PM apreende quatro adolescentes dentro de shopping após perseguição. Os adolescentes fugiram a pé para o shopping após colidirem o veículo em que estavam.


Os adolescente foram encaminhados a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde responderão um ato infracional semelhante ao crime de roubo.

Quatro adolescentes, entre 16 e 17 anos, foram apreendidos na manhã desta quarta-feira (27), dentro do estacionamento de um shopping localizado no bairro Presidente Kennedy após perseguição de agentes do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações e Intensivas e Ostensivas (BPRaio).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SPPDS), os jovens estavam em um veículo roubado no cruzamento das avenidas Bezerra de Menezes com José Jatahy, quando populares informaram ao policial militar do BPRaio Alan Christiann, que estava de folga e à paisana, que havia um grupo criminoso parado no sinal.

O policial, que no momento estava de moto, iniciou uma perseguição aos quatro jovens. Durante o trajeto, o grupo efetuou disparoscontra o PM e colidiu o veículo em duas motos. Uma das vítimas, uma mulher, está no Instuto Dr. José Frota (IJF) em estado grave

Após a colisão, os suspeitos continuaram a fuga a pé e adentraram a área do estacionamento do shopping. Eles ainda tentaram roubar outro veículo, mas sem sucesso. Os vigilitantes de segurança ajudaram Alan Christiann a apreender os suspeitos enquanto uma equipe do BPRaio se dirigia para o local.

Infrações

Um revólver calibre 38, com munição deflagrada, foi apreendido com o grupo. Os adolescentes já respondiam a atos infracionais por crimes como tráfico de drogas,roubo a pessoa e de veículo, lesão corporal dolosa, entre outros.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

By Taboola

CADEIA PÚBLICA Presos de Guaraciaba do Norte poderão ter pena reduzida por meio da leitura. Segundo decisão da titular da Comarca do município, a leitura contribui no processo de reinserção social.

Além de realizar a organização do trabalho, os presos deverão se limitar ao conteúdo do livro recebido por eles ( Foto: divulgação/TJCE )...