segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Primeiro balanço parcial do feriadão no Ceará aponta 47 mortes violentas. Números podem subir

Em Juazeiro do Norte, Geovani Gomes Flor, o "Hulk", morador de rua, foi  executado a tiros

  

Vitória (morta em Maranguape)    Kauã (morto em Jaguaribe)     Marcelina (morta em Messejana)

Carlos Renê Rodrigues e Cristina Coelho de Andrade, mortos a tiros num bar, em Acaraú

 

Antônia e a filha Amanda morreram em acidente em Tianguá. Sirlany em colisão, em Quixadá

O primeiro balanço parcial relativo ao fim de semana prolongado da Independência revela que, em quatro dias – entre quinta-feira (7) e o domingo (10) – ao menos, 47 pessoas tiveram morte violenta em todo o estado do Ceará. Neste período foram registrados 38 casos de assassinatos e mais nove mortes decorrentes de acidentes de trânsito, além do caso de uma criança morta por afogamento na Capital.  Entre os mortos estão sete mulheres, três crianças e um policial militar. Cinco duplos homicídios também foram praticados.

Em Fortaleza, a Polícia registrou, ao menos, 10 casos de homicídios nos seguintes bairros: Demócrito Rocha, Conjunto Ceará, Mondubim, Centro, Barra do Ceará, Siqueira, Parque Santana. Messejana e Montese (duplo homicídio).

Na Região Metropolitana de Fortaleza, 10 pessoas foram assassinadas nos seguintes Municípios: Pacatuba (3 crimes de morte), Caucaia (duplo homicídio no bairro Itambé), São Gonçalo do Amarante, Itaitinga, Maranguape, Maracanaú e Horizonte.

Já no Interior, foram 18 assassinatos nos seguintes Municípios: Russas, Jardim (dois casos), Barbalha, Juazeiro do Norte (quatro casos), Crateús, Acaraú (três homicídios, entre eles, um duplo), Quixeramobim, Senador Pompeu, Aracati (duplo homicídio em Canoa Quebrada) e Jaguaribe (duplo homicídio).

Trânsito

Sete pessoas morreram em consequência de acidentes de trânsito nos seguintes Municípios: Assaré (CE-176), Quixadá (localidade de Picos, zona rural), Tianguá (dois mortos na BR-222, Santa Quitéria (centro da cidade), Alcântaras e  Massapê.

Policial morto

Na noite do domingo, uma tentativa de assalto a um estabelecimento comercial, no bairro Montese, em Fortaleza, terminou em tiroteio entre os bandidos e um policial militar da Reserva Remunerada da PM. No confronto, o PM e um dos assaltantes acabaram mortos a tiros.  O PM morto era o 3º sargento Luiz Lourenço da Silva.

Policiais do Comando Tático Motorizado (Cotam), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), prenderam um suspeito com uma arma (revólver) e o terceiro bandido está foragido. 

Jornalista Fernando Ribeiro Copyright 2016

Até o fim de dezembro reforço da segurança em Fortaleza terá duas torres de vigilância blindadas

SIRENE ABERTA Fernando Ribeiro Cada torre terá nas ruas do seu entorno dezenas de câmeras de altíssima potência Estão aceleradas as obra...