domingo, 3 de setembro de 2017

UPA JOSÉ WALTER Bebê é internado em UTI após erro na dosagem de medicação. A Secretaria de Saúde informou que o bebê recebeu a medicação epinefrina (indicada para crise asmática) numa dosagem maior do que a indicada.

por Patrício Lima


A Secretaria da Saúde confirmou que o bebê recebeu a medicação epinefrina (indicada para crise asmática) numa dosagem maior do que a indicada
( Foto: Arquivo Diário do Nordeste )

Um bebê de 1 mês e meio está internado na Unidade de Tratamento Intensivo  (UTI) doHospital Albert Sabin, após erro na medicação  para o tratamento de problemas respiratórios na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do bairro José Walter. Segundo familiares, a criança recebeu o remédio na veia, embora o médico tenha prescrito a aplicação por via respiratória, através de aparelho de aerossol. Apesar estável, o estado do bebê é grave.  

 

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) informou que o bebê foi atendido com quadro de broncoespasmo na UPAdo José Walter. A pasta também confirmou que a criança apresentou uma reação adversa grave e recebeu a medicação epinefrina (indicada para crise asmática) numa dosagem maior do que a indicada.

 

Uma sindicância será instaurada na UPA do José Walter para apurar os fatores que levaram à situação. Ainda de acordo com a Sesa, após os resultados, encaminhamentos administrativos serão tomados para minimizar os riscos de situações como esta voltarem a acontecer. 

 

Jarina Militão, tia da criança, explica que o menino, desde a última sexta-feira (1º), parecia estar com a respiração comprometida. A mãe da criança o levou até Hospital Distrital Gonzaga Mota, no José Walter, para uma consulta médica. Ela foi orientada a levar a criança para fazer um raio-x a fim de identificar o problema. A máquina disponível na unidade, porém, estava quebrada. Por isso, o bebê teve de ser  encaminhado para aUPA do bairro José Walter

 

“Desde quando ele nasceu ele teve problemas respiratórios. Segundo os médicos, ele engoliu secreção do parto e por isso ficou com essa dificuldade.  Os médicos da UPA orientaram deixá-lo internado para observação, após o raio-x e disseram que estava tudo certo e iriam passar apenas um medicamento para ele tomar via respiratória. Foi quando a enfermeira, mesmo discordando da mãe, aplicou o remédio na veia e o Kaleb já instantaneamente começou a sangrar pelo nariz e chegou a ter uma parada cardiorrespiratória. Ele ainda estar vivo é um verdadeiro milagre”, afirma a tia da criança. 

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

LIMOEIRO DO NORTE-CE / MORADA NOVA-CE​: Homicídio à bala.​

Informações extraoficiais dão conta de um homicídio à bala que veio ocorrer no Setor NH3, no perimetro irrigado, entre Morada Nova e Limoei...