quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Bandidos de facção picham muro do novo farol de Fortaleza e ameaçam militares da Marinha e familiares

A pichação foi feita por bandidos da área do Mucuripe, que também ameaçaram um suboficial

A provocação dos bandidos à Marinha foi pichada no muro do Novo Farol no fim de semana

Militares da Marinha do Brasil  destacados em Fortaleza estão sendo ameaçados de mortes por componentes de uma facção criminosa na zona Leste da Capital. O fato veio à tona nesta terça-feira quando o site cearanews7.com recebeu, com exclusividade, informações do clima tenso que está dominando a área onde, na semana passada, foi inaugurado o novo farol de Fortaleza, no Mucuripe.

Bandidos que seriam ligados à facção Guardiões do Estado (GDE)  começaram a pichar o muro de proteção do novo farol e, à pedido dos militares, uma líder comunitária esteve com os criminosos e teria pedido que eles não mais fizessem pichações naquela unidade militar.

Foi o suficiente para que os criminosos reagissem com violência. Chegaram a ir até o local e ameaçaram a filha de um suboficial que mora no local.  “se pintarem de branco, todos vão morrer”, teria dito um dos chefes da quadrilha, conforme o relato do militar. O militar teria sido orientado pelo Comando da Marinha na Capital a procurar um órgão policial e registrar o fato. Na madrugada de ontem, o suboficial decidiu ir embora do local com a família.

À pedido da Marinha, a Polícia Militar reforçou a segurança no local. Contudo, o policiamento é móvel e pode sair do local a qualquer momento. A Marinha, então, decidiu colocar um  novo militar para fazer a guarda do farol, porém, desarmado.   Há, contudo, informações extra-oficiais de que  um armamento será entregue ao novo chefe da guarda do farol.

Nos muros do farol estão pichadas a sigla da facção GDE e outras figuras. 

Jornalista Fernando Ribeiro Copyright 2016

BOLETIM POLICIAL VALE DO JAGUARIBE - 19/10/2017: Roubo de veiculo em Tabuleiro do Norte

Conforme informações da Policia Militar, nesta quarta-feira, dia 18 de outubro, no Sítio Barrinha, zona rural, por volta das 19h30min, foi ...