terça-feira, 17 de outubro de 2017

Ceará registra 16 homicídios em 24 horas e CVLIS já são 3.960 no ano


Homicidômetro Mortes no Ceará 2017

3960 Atualizado em 17/10/2017

Uma adolescente foi fuzilada na Barra do Ceará (nos detalhes, cápsulas de balas)

Ao menos 16 pessoas foram assassinadas nesta segunda-feira (16) no Ceará. Nas últimas 24 horas, as autoridades da Segurança Pública registraram oito casos de homicídios na Grande Fortaleza (seis na Capital e dois na região metropolitana) e mais oito no Interior. No acumulado do ano, já são 3.960 pessoas vítimas de Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs), que são os homicídios, latrocínios (roubo seguido de morte) e lesões corporais que resultam em óbito.

Entre as sete vítimas da violência da segunda-feira (16) estão duas jovens. Uma delas, ainda não identificada, foi executada com vários tiros de pistola no cruzamento das ruas Jacaúna e Ambrósio Carneiro, no limite dos bairros Jardim Iracema e Barra do Ceará, na zona Oeste da Capital. O crime teve características de execução sumária e aconteceu no fim da tarde de ontem. O corpo apresentava tiros principalmente no rosto e foi encaminhado à sede da Perícia Forense do estado do Ceará (Pefoce) na condição de indigente.

Já à noite, por volta de 21 horas, uma segunda jovem, identificada como Monique Sousa Bezerra Abreu, 21 anos, foi atingida, com, ao menos, quatro tiros disparados à queima-roupa, dentro de um ônibus que fazia a linha João Arruda/Antônio Bezerra. Segundo testemunhas, quando o coletivo trafegava pela Avenida Perimetral, no bairro Pici, uma mulher – ainda não identificada – que também era passageira do veículo, se aproximou de Monique e disparou vários tiros, fugindo em seguida. Uma equipe do Samu esteve no local  e encaminhou a vítima para o IJF-Centro.

Mais casos

Também na noite de ontem, o corpo de um homem foi deixado pelos assassinos em plena Avenida Eduardo Girão (Avenida do Canal), no bairro Jardim América. Tratava-se de Dyego Jéfferson de Lima Sousa, 31 anos, morador da Favela Nova Brasília, nas proximidades do local. Segundo a Perícia, a vítima provavelmente foi morta por estrangulamento com fios elétricos e apresentava várias lesões na cabeça, provavelmente facadas. A vítima possuía uma longa ficha criminal.

No Campo do São Paulo, na Avenida Cônego de Castro, no bairro Vila Manuel Sátiro, um homem foi morto, a tiros, por volta de 18 horas.  Já na BR-222, no Distrito de Primavera, em Caucaia, o corpo de um homem foi encontrado com marcas de torturas. A vítima estava com as mãos amarradas para trás e apresentava tiros na cabeça.

Na sequência da violência, um traficante de drogas conhecido por “Pequeno”, foi executado a tiros, por volta das 22h30 nas proximidades da Lagoa do Urubu, no bairroÁlvaro Weyne.  Ainda na noite passada a Polícia registrou um crime de morte no bairroSiqueira II.

Sertão

No Interior do estado, a segunda-feira também foi de violência, com o registro de oito assassinatos nos seguintes Municípios:Campos Sales, Morada Nova e Crato (no Interior Sul); além de Acarape, Morrinhos, Caridade, Crateús e Ipu (Interior Norte).

Hoje

Já no começo da manhã desta terça-feira (17), a Polícia Militar fez o registro de um achado de cadáver na Área Integrada de Segurança 13 (AIS-13). O corpo de um homem, degolado e partido na altura da cintura, além de mãos amarradas para trás, foi localizado às margens da BR-116, na localidade de Jibóia, no Município de Aquiraz,na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). 

Jornalista Fernando Ribeiro Copyright 2016