sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Pistoleiros matam motorista de deputada Alderlania Noronha e ferem outro rapaz em Parambu

Baleado, "Bruno Gordinho" morreu quando era levado de ambulância para Tauá

"Cezinha", motorista do deputado Genecias Noronha, também foi morto em Parambu

A cidade de Parambu, situada na Região dos Inhamuns (a 390Km de Fortaleza), foi palco de um assassinato na noite desta quinta-feira (26). Pistoleiros, ainda desconhecidos atiraram contra dois jovens, matando um deles e deixando o outro ferido. O homem que acabou morrendo trabalhava como motorista da deputada estadual Alderlânia Noronha (SD). Este foi o segundo crime envolvendo pessoas ligadas à parlamentar e seu esposo, o deputado federal Genecias Noronha.

O clima em Parambu é de silêncio, medo e tristeza. A população teme falar sobre o assunto, especialmente a motivação do crime. Nos registros da Polícia a informação de que o crime ocorreu por volta de 21h30, na Rua Francisco Evangelista, no bairro Beleza.

Dois homens numa motocicleta chegaram ao local e dispararam vários tiros contra dois rapazes que se encontravam na calçada da residência de um deles. Bruno Jonh Bernardes Rodrigues, o “Bruno Gordinho”, 19 anos, foi atingido com três tiros à queima-roupa. Já Apolo Alves Rodrigues, também com 19 anos, recebeu tiros nas pernas.

Após a fuga dos pistoleiros, vizinhos e familiares socorreram os dois baleados para o Hospital Municipal de Parambu. Em estado grave, “Bruno Gordinho”, motorista da deputada, foi colocado numa ambulância para ser transferido para a Capital, mas acabou morrendo antes que a ambulância chegasse à cidade de Tauá.  Já o outro ferido permanece internado no Hospital Regional de Tauá.

Crimes e silêncio

Segundo informações da Polícia, os dois rapazes baleados não tinham antecedentes criminais. Eram benquistos na cidade e trabalhavam. “Bruno Gordinho” trabalhava como motorista da deputada sempre que ela visitava sua cidade natal.

Há 10 meses, outro homem ligado ao casal de políticos foi morto em circunstâncias idênticas ao crime registrado ontem.

Era por volta de 8h45 do dia 6 de dezembro de 2016,  quando Cícero César Pinheiro, 38 anos, conhecido por “Cezinha”, foi surpreendido pelos pistoleiros no momento em que se encontrava em um posto de combustíveis no Centro de Parambu.  Ele era motorista do deputado Genecias Noronha.

Testemunhas oculares contaram que os pistoleiros estavam de cara limpa e se aproximaram da vítima quando esta providenciava o abastecimento de um caminhão Mercedes Benz adaptado para o transporte de animais.  No momento do ataque, o motorista ainda estava na cabine do veículo e ali mesmo morreu na direção. O crime ocorreu no Posto Soares Barreto, na Avenida Salustrina Henrique da Silva. Em seguida, os pistoleiros fugiram em uma motocicleta. Não roubaram nada da vítima, o que para a Polícia ficou afastada a hipótese de uma tentativa de assalto.

Jornalista Fernando Ribeiro Copyright 2016

LIMOEIRO DO NORTE-CE​: Acidente de trânsito​

Acidente de trânsito na Av Dr Gaspar, do tipo atropelamento moto x pessoa e animal. A vítima seria uma senhora de 59 anos, e o motoqueiro ...