terça-feira, 28 de novembro de 2017

CARIRI CEARENSE Exclusivo! Menor de 15 anos confessou ter matado o seu próprio pai em Assaré.


A polícia de Assaré conseguiu esclarecer na manhã desta terça-feira o assassinato do agricultor Antonio Nilton Gomes, de 37 anos, o “Niltão” que residia no Sítio Varjota (Distrito de Genezaré) na zona rural de Assaré. Ele foi morto a facadas e pauladas por volta das 20h30min do último dia 24 de Outubro na estrada vicinal de acesso ao Sítio Charcão. A vítima pilotava sua moto levando na garupa o seu filho de iniciais R. A. G., de 15 anos de idade.

Na noite do crime o adolescente relatou para a polícia que um homem se encontrava na estrada e pediu para seu pai parar a moto e, ao vê-lo sendo espancado, teria corrido por dentro de um matagal em busca de socorro para impedir a morte do seu genitor. Só que a polícia acaba de descobrir que essa versão inicial do garoto teve o objetivo de enganar a polícia desviando o curso das investigações. Foi o próprio adolescente que assassinou o seu pai naquela noite.

Para chegar a essa conclusão, hoje pela manhã uma patrulha comandada pelo Sargento Bandeira com o apoio dos Sargentos Haroldo, Serra e Josenaldo esteve no local do crime em busca de esclarecer os fatos. Ali encontraram uma lamina de faca sem o cabo dentro do mato a uma distância média de 10 metros para a estrada onde o tudo aconteceu e até mesmo uma cruz foi colocada pelo filho da vítima um dia após o sepultamento do pai.

Após encontrarem a lamina, os PMs seguiram até à casa da avó do menor na Vila Varjota, onde ele estava. Os policiais apresentaram a lamina quando o garoto mudou o semblante, o rumo da conversa e começou a chorar mesmo insistindo na negativa de autoria. Porém, momentos depois, confessou ter matado o seu próprio pai contando tudo com riqueza de detalhes. Segundo disse, os dois tiveram uma acirrada discussão pelo fato do rapaz criticar seu genitor por negociar motos de procedência duvidosa.

Segundo acrescentou, num determinado trecho da estrada, “Niltão” teria parado a moto e agredido o filho com um soco quando o menor puxou a faca que se encontrava na cintura do pai e desferiu vários golpes, sendo um deles na garganta. Após “Niltão” cair sangrando, ainda deu outras facadas e apanhou um pedaço de pau para atingi-lo na cabeça. Ele reconheceu a lamina da faca como a que usou no crime e jogou fora. O adolescente foi apresentado ao Delegado de Polícia Civil de Assaré, Bruno Rafael, que o ouviu na presença de membros do Conselho Tutelar e comunicou o fato ao Ministério Público em nome da adoção das providências.

Por: Demontier Tenório / Site Miséria