domingo, 12 de novembro de 2017

MAIS DE 4 HORAS DE CONCURSO 264 mil estudantes cearenses devem fazer segundo dia de provas do Enem. Inep constatou uma redução de 93,1% no número de eliminados no primeiro dia, passando de 3.942, em 2016, para 273, em 2017.


Alunos entrando no local de prova

Neste domingo, 12/11, será especial para 264 mil estudantes cearenses que devem fazer as provas no segundo dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nesta fase do exame, os candidatos terão quatro horas e meia para resolver questões relativas à Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. Juntas, as duas áreas de conhecimento englobam as quatro disciplinas de mais tensão para parte dos estudantes: Física, Química, Biologia e, principalmente, a Matemática. "É uma prova que leva mais tempo e vale mais do que as outras três disciplinas juntas. Houve um ano em que ela valeu mais do que a própria prova de redação, então é uma preocupação constante do aluno", avalia o diretor de ensino do Colégio Ari de Sá Cavalcante, Marcos André Tomaz Lima.

Neste domingo, dia da prova, o diretor de ensino do Ari de Sá reforça a necessidade de sair com bastante antecedência de casa e estar atento quanto à documentação necessária. "Na prova é importante o aluno não perder muito tempo nas questões mais demoradas, mesmo que saiba responder. É melhor avançar e responder as mais fáceis e depois retornar para as difíceis", recomenda.

O novo modelo de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio se mostrou eficaz na sua estreia, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inepe). Com a prova em dois domingos e as adicionais medidas de segurança, o Inep constatou uma redução de 93,1% no número de eliminados no primeiro dia, passando de 3.942, em 2016, para 273, em 2017.

O principal motivo dos altos números em 2016 foi a não marcação do tipo de prova recebida pelo participante, problema sanado na edição deste ano com a identificação do caderno com nome e número de inscrição impressos. Dos 273 candidatos eliminados, 264 descumpriram as regras gerais do edital, como troca de informações ou não cumprimento das instruções do fiscal, e nove passaram pelo detector de metais portando objetos proibidos pelo Inep.

O número de abstenções também foi menor que os números do ano passado, com o Ceará passando do 5º do País com maior número para o 3º com maior índice de presentes, com Alagoas e Rio Grande do Norte. Em todo o Brasil, a queda na abstenção chegou a 218.377 candidatos em comparação com 2016. Proporcionalmente ao número de inscritos, o índice se manteve na média, com 30,2% de ausências, comparado a 29,19% no ano passado. O Ceará teve queda de 31,07% nos candidatos que não compareceram às provas, uma média de comparecimento de 7 a cada 10 inscritos. Em 2017, o Estado ficou entre as seis federações do Brasil com mais candidatos presentes, contabilizando 72,40% do total de inscritos (264.444 pessoas). Em primeiro ficou o Piauí, com 74,70% presentes, seguido da Paraíba, com 74,10%, e de Alagoas e Rio Grande do Norte, também com 72,40%.

Incentivo

Para garantir a presença dos candidatos neste domingo, a Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc) vai continuar a iniciativa #Enemvoudoisdias. Segundo o secretário Idilvan Alencar o primeiro dia foi de êxito, possibilitando aumento da presença dos alunos na prova - como constatado pelo Inep - mantendo as metas para o segundo dia: "Queremos manter o percentual de participação do primeiro dia, garantindo que 100% dos alunos que fizeram o primeiro dia estejam presentes no segundo", disse.

 

Nos últimos três dias, segundo informou o secretário, foi instruído às escolas que promovessem conversas motivadoras com os alunos, tendo em vista o desestimulo gerado pelo tema da redação, considerado difícil pelos estudantes. "A preocupação que se apresenta mais forte é a desmotivação dos alunos quanto ao desempenho na redação. Agora temos que dar uma força maior para que eles não esmoreçam e se sintam prontos para o segundo dia", conta Alencar.

 

Neste domingo (12), postos de informação e apoio com água, canetas pretas e frutas estarão espalhados perto dos locais de prova, além de lanches e crédito eletrônico nas carteiras de estudante para os concludentes do Ensino Médio de escolas públicas. (Colaborou Marina Gomes)

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.

LIMOEIRO DO NORTE-CE​: Acidente de trânsito​

Acidente de trânsito na Av Dr Gaspar, do tipo atropelamento moto x pessoa e animal. A vítima seria uma senhora de 59 anos, e o motoqueiro ...