sábado, 30 de dezembro de 2017

CEARÁ Comunidade rural em Barbalha vive sem energia elétrica há dois anos. No local, também não há água encanada, e eles dependem do abastecimento de carros-pipa, que passam quinzenalmente na comunidade.

Comunidade no interior do Ceará vive como na idade média: sem luz e sem água encanada

Moradores do Morro Sariema, comunidade na zona rural de Barbalha, no Ceará, vivem sem energia elétrica e sem água encanada. São 30 famílias contando com iluminação à moda antiga, com ajuda de candeeiros, fogueiras e a luz natural.

Os moradores aguardam há pelo menos dois anos a instalação da energia. "Um diz uma coisa, outro diz outra, e a gente tá precisando muito dessa energia", reclama o camelô Francisco de Sousa, morador da região.

No local, também não há água encanada, e eles dependem do abastecimento de carros-pipa, que passam quinzenalmente na comunidade.

A Prefeitura de Barbalha afirmou que a área sofreu ocupação irregular e, portanto, não tem registro como terreno público. Segundo a prefeitura, água e luz só podem ser instaladas depois que a situação da ocupação for resolvida.

Famílias usam fogueira para ter iluminação à noite (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

BARBALHA 

globo.com

© Copyright 2000-2017 Globo Comunicação e Participações S.A.

BOLETIM POLICIAL VALE DO JAGUARIBE - 18/01/2018: Invasão a residencia e roubo em Russas e furto em residência em Limoeiro do Norte

Conforme informações da Policia Militar, nesta quarta-feira, dia 17, por volta das 07 horas, numa Fazenda localizada na comunidade de Açude...