quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

CIDADE DOS FUNCIONÁRIOS Quadrilha invade residência na noite de Natal e rouba de carro a salgadinhos. Vítima descreveu o crime detalhadamente. Assaltantes chegaram a oferecer copo d'água e dar abraço e beijo para acalmar mulher que estava nervosa.

Quatro homens, dois deles encapuzados, invadiram uma residência no bairro Cidade do Funcionários, em Fortaleza, na noite do último dia 24 de dezembro, véspera do Natal. Foram roubados um carro, TV's, joias, dinheiro e até salgadinhos que seriam servidos na ceia do Natal da família.

Entre 18h e 19h, a família se preparava para a ceia da noite. Kátia (nome fictício, pois a vítima não quis se identificar), a dona da casa, arrumava os últimos detalhes. A mãe, uma irmã e a cunhada estavam na missa, em uma igreja próxima. Na casa, no momento da ação, estavam Kátia, o pai, uma tia, uma outra irmã e o sobrinho de 9 meses.

Depois do assalto, a vítima procurou o Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpol-CE), para divulgar os fatos à imprensa.

Assaltantes perguntaram se havia policial na família

A irmã de Kátia, que estava na residência, saiu para buscar o veículo na rua. Teve um pouco de dificuldade e demorou. No momento em que ela retornou, os suspeitos invadiram a casa.

Segundo a vítima, todos eles aparentavam ter entre 20 e 21 anos e pareciam inseguros. "Eles perguntaram se na família tinha policial. E queriam dinheiro. Também procuraram por armas", relatou a dona da casa.

'A senhora quer um copo d'água?', ofereceu um ladrão

O grupo levou cerca de R$400 do pai de Kátia, bem como celular e perfumes do aposentado. Dela, elessubtraíram as joias guardadas no guarda roupa. Tudo ficou revirado, segundo relata.

"Embora o nosso medo do começo ao fim eles não foram violentos. Minha tia começou a passar mal, e um deles inclusive perguntou 'a senhora quer um copo d'água?'", contou Kátia.

Toda a ação durou cerca de 50 minutos. Kátia relembra que pedia a todo o momento para os homens irem embora antes da chegada da mãe.

O irmão de Kátia chegou à casa no decorrer do assalto. Dele, os homens levaram o carro, mas prometeram abandonar o veículo intacto. As alianças dele e da esposa também foram levadas.

Assaltantes ainda deram abraço e beijo em mulher que passava mal

Antes de saírem da residência, os quatro homens deixaram a família presa no quarto de Kátia. A tia, que havia passado mal, não pode se levantar e ficou na sala, a chave do quarto foi deixada com ela.

Os homens levaram ainda os salgadinhos que estavam encomendados para a ceia, e ao deixarem o lugar, deram um abraço e um beijo na mulher que passava mal.

A polícia foi acionada e, segundo Kátia, sabia de que homens se tratava. "Pedimos mais atenção a esse bairro. São três ações nos últimos dias, só as que eu ouvi falar. Essa rua é muito escura, com aquelas luzes ainda velhas, amarelas. Todo mundo aqui andacontratando seguranças particulares, ninguém aguenta mais", desabafa a vítima.

Até agora, o carro do irmão ainda não foi encontrado. A mãe de Kátia chegou após a saída da polícia. Só de ouvir o ocorrido, se sentiu mal. "Foi Deus que fez ela não estar aqui. Quem sabe se não tinha enfartado?", complementou Kátia.

Roubo está sendo investigado pela Polícia Civil

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou, por nota, que a Polícia Civil está investigando o roubo e que diligências estão em andamento para capturar os autores do crime.

"A Polícia Civil solicita à população que entre em contato com o 13º DP, pelo número (85) 3101-2049, ou pelo número 181, do Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), caso tenha informações sobre os criminosos.

© Diário do Nordeste

©Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.


MORADA NOVA-CE​: Polícia realiza prisão em Morada Nova por estelionato e posse de pornografia infantil​

Durante patrulhamento de rotina realizado nesta terça-feira, dia 16/01/2018 por volta das 01h00min a composição policial avistou um carro G...