quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

ÁGUA Pré-estação chuvosa não melhora condição dos açudes cearenses, afirma Cogerh. A Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) informou que, as chuvas que ocorreram até hoje, 10, foram suficientes para a saturação dos reservatórios. Ou seja, a água infiltrou na terra para ajudar rios, açudes e lagoas a não perderem tanto volume no período chuvoso.

A Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) informou que, as chuvas que ocorreram até hoje, 10, foram suficientes para a saturação dos reservatórios. Ou seja, a água infiltrou na terra para ajudar rios, açudes e lagoas a não perderem tanto volume no período chuvoso. Contudo, a saturação não foi suficiente para garantir a preservação das água até os meses de março e abril.

Conforme João Lúcio Farias, presidente da Companhia, a situação mais crítica é na Bacia dos Sertões de Crateús, com apenas 0,24% da capacidade, seguida da Bacia do Baixo Jaguaribe, com 0,96% do volume.

Neste período do ano, as chuvas estão mais concentradas no Cariri e, segundo Farias, algumas vezes, se deslocam para outras regiões. “É difícil calcular se teremos chuvas acima da média em todas as bacias. Seria necessário chuva em torno de 700mm no Estado todo para amenizar a situação de seca”. Ele acrescenta que todo esse aporte de chuva é necessário devido à situação dos reservatórios.

Repórter Ceará com informações do O Povo Online (Foto: Arquivo SMC)

MANDACARU NEWS 

BOLETIM POLICIAL VALE DO JAGUARIBE - 18/01/2018: Invasão a residencia e roubo em Russas e furto em residência em Limoeiro do Norte

Conforme informações da Policia Militar, nesta quarta-feira, dia 17, por volta das 07 horas, numa Fazenda localizada na comunidade de Açude...